Fechar


Cadastre-se
Você está aqui:   Página Inicial   Leia mais   Português para Concursos   Leia mais   A classificação dos verbos
Mais Menos RSS - A classificação dos verbos

Português para Concursos

A classificação dos verbos

Interaja-se mais com este assunto, conhecendo suas peculiaridades!

Publicado em 04/11/2010 10:21:55


Em se tratando do assunto em questão, torna-se importante mencionar que este se encontra intrinsecamente relacionado à forma assumida pelos verbos no momento em que são conjugados, levando-se em consideração o fato de que pertencem a três conjugações: AR (primeira conjugação), ER (segunda) e IR (terceira).

Assim, de acordo com tais conjugações, pressupõe-se que os verbos sejam conjugados em todos os tempos e modos seguindo um padrão tido como convencional – ora denominado de paradigma. Esse paradigma indica as formas verbais consideradas regulares, como é caso do verbo cantar:
Constatamos, pois, que não houve mudança no radical, somente foram atribuídas as formas convenientes às pessoas gramaticais.

Dessa forma, temos que a classificação dos verbos se dá mediante a relação que eles estabelecem com o paradigma, assim representado:

Verbos regulares – são aqueles que obedecem a um paradigma referente a uma dada conjugação, sem que haja mudança no radical. Como é o caso dos verbos amar, vender, partir, entre outros.


Verbos irregulares –
são aqueles que apresentam alteração no radical ou não aceitam algumas das terminações do seu paradigma correspondente. A título de representá-los podemos citar o caso dos verbos medir, fazer, entre outros. Assim concebidos:

Verbos anômalos – representados por aqueles que, durante a conjugação, apresentam profundas alterações no radical, como é o caso dos verbos ir e ser. Dessa forma expressos:
Defectivos – São aqueles que não apresentam uma conjugação completa. Tal ocorrência se deve à eufonia (ato de produzir um bom som) e à homofonia (efeito de produzir um som igual). Representando a eufonia, citamos como exemplo o verbo computar, destituído de algumas pessoas gramaticais, dado o efeito sonoro pejorativo. E representando a homofonia, atemo-nos ao caso do verbo falir, também destituído de algumas pessoas gramaticais, em virtude da semelhança com o verbo falar.

Desta feita, assim expressos:

 Verbos abundantes – São assim caracterizados por apresentarem mais de uma forma. Geralmente manifestadas pelo particípio regular e irregular. Entre tantos que representam tal modalidade, citamos:

Acender – acendido – particípio regular / aceso – particípio irregular
Expulsar – expulsado – particípio regular / expulso – particípio irregular

Comentários

Interagir

Vagas de Hoje Nacional 8736
Vagas de Hoje Sudeste 19207
Vagas de Hoje Sul 5325
Vagas de Hoje Nordeste 5710
Vagas de Hoje Norte 5236

Twitter