Fechar


Cadastre-se
Você está aqui:   Página Inicial   Leia mais   Matemática para Concursos   Leia mais   Taxa Nominal e Taxa Efetiva
Mais Menos RSS - Taxa Nominal e Taxa Efetiva

Matemática para Concursos

Taxa Nominal e Taxa Efetiva

Convertendo taxa nominal em taxa efetiva.

Publicado em 06/08/2010 08:31:55


As aplicações envolvendo juros compostos dependem das taxas fornecidas na forma de porcentagem. Elas têm o objetivo de corrigir o dinheiro durante o período de aplicação. Vamos estabelecer as diferenças entre a taxa nominal e a taxa efetiva, demonstrando as formas de conversão entre elas.

Taxa Nominal

Na taxa nominal, o tempo de aplicação não confere com o tempo referido. Por exemplo, as seguintes situações é um caso que representa tal modalidade:

Juros de 12% ao ano, capitalizados mensalmente.
Juros de 20% ao ano, capitalizados bimestralmente.

Esse modelo de taxa é considerada uma taxa falsa, frequentemente utilizada em períodos referentes a ano.

Taxa Efetiva

Na taxa efetiva, a unidade de tempo coincide com a unidade de tempo da aplicação. Veja:

Taxa de 1,5% ao mês, com capitalização mensal.
Taxa de 2% ao semestre, com capitalização semestral.

Dentre as taxas citadas devemos utilizar a efetiva, pois ela confere os juros de forma correta. Na transformação da taxa nominal para a taxa efetiva, utilizamos uma regra de três, que irá ajustar proporcionalmente a taxa nominal ao período de capitalização.

Exemplo 1

Uma situação financeira prevê uma taxa anual de 72%. Determine a taxa mensal para o caso de capitalizações mensais.

72% ---------- 12 meses
x% ----------- 1 mês

12x = 72
x = 72/12
x = 6

A taxa mensal relativa a uma taxa nominal de 72% ao ano é de 6% ao mês.

Exemplo 2

Determine a taxa efetiva capitalizada trimestralmente relativa a uma taxa nominal de 32% ao ano.
32% ------------ 12 meses
x% ------------- 3 meses

12x = 96
x = 96/12
x = 8

A taxa efetiva será de 8% ao trimestre.

Podemos afirmar que a taxa efetiva é maior que a taxa nominal, estabelecido o período anual. Por exemplo, uma taxa nominal de 12% ao ano corresponde a uma taxa efetiva mensal de 1%. Aplicando essa taxa efetiva mensal durante os 12 meses do ano, teremos a seguinte taxa efetiva anual:

1 + if = (1 + 0,01)12
1 + if = 1,0112
if = 1,126825 – 1
if = 0,126825
if = 12,6825%

Para tais cálculos podemos utilizar a seguinte expressão matemática:

, onde:

i: taxa nominal
if: taxa efetiva
k: número de capitalizações para o período da taxa nominal.

Exemplo 3

Uma taxa nominal de 36% ao ano é capitalizada semestralmente. Calcule a taxa efetiva.

i = 36% = 0,36 ao ano
1 ano = 2 semestres → k = 2

Taxa efetiva de 39,24% ao ano.  

Exemplo 4

Dada uma taxa nominal de 15% ao ano capitalizada mensalmente, determine a taxa efetiva.

i = 15% = 0,15 ao ano
1 ano = 12 meses → k = 12

A taxa efetiva será de 16,0755% ao ano.

Por Marcos Noé
Especial para o Banco de Concursos

Comentários

Interagir

Vagas de Hoje Nacional 8736
Vagas de Hoje Sudeste 19207
Vagas de Hoje Sul 5325
Vagas de Hoje Nordeste 5710
Vagas de Hoje Norte 5236

Twitter